EMPÓRIO JASMIM - Produtos Naturais em Foz do Iguaçu

Arruda - Plantas que curam

Valdemir Maran      quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Compartilhe esta página com seus amigos

Planta medicinal com efeito de fortalecer vasos sanguíneos, sendo utilizada como escalda-pé em casos de varizes.

Nomes: Arruda, arruda-doméstica, arruda-dos-jardins, arruda-fedorenta
Família: Rutaceae
Constituintes: Flavonóides (rutina), furanocumarinas, carotenídes, furanoquinolonas.
Partes utilizadas: Ramo (folhas e caule).
?Efeitos: Inibe a proliferação e a sobrevivência de células cancerígenas, podendo ser utilizado futuramente na elaboração de novas moléculas anticancerígenas.
Age fracamente como antiparasitário, não sendo eficaz na eliminação completa dos parasitas e como antimicrobiano, atingindo somente um grupo determinado de bactérias (Gram positivas).
Possui efeito benéfico em casos de problemas circulatórios causados pela aterosclerose.
Indicações: 
– Varizes (em forma de escalda pé, por aumentar a resistência dos vasos sanguíneos).
Não é recomendada a ingestão de infusões de arruda devido aos efeitos secundários e sua hepatotoxicidade (toxicidade ao fígado). Seu uso interno deve ser feito somente com acompanhamento médico e em baixas doses.
Utilizado há muitos anos por indígenas e hoje em dia por muitas populações como antiparasitário, em casos de falha na menstruação, vermífugo, antipirético, repelente de insetos e abortivo. Além de ser conhecida por espantar mal olhado.
Efeitos secundários:
Os estudos científicos ainda são contraditórios a respeito do exato efeito da arruda na infertilidade e na gravidez.
Alguns relatam que a arruda contribua prejudica a fertilidade da mulher, pois dificulta a pré-implantação e o transporte embrionário.
Outros discordam do efeito de infertilidade, mas alegam que podem gerar a morte do feto sem a expulsão do mesmo.
A arruda ainda pode causar sérias queimaduras na pele quando exposta ao sol.
Contra-indicações: 
Não é recomendado o uso durante a gravidez, lactação, por crianças menores de 10 anos e por pessoas com problemas no fígado.
Interações: Nenhuma interação relatada até o momento.
Toxicidade: Estudo em rato demonstrou hepatotoxicidade e fetotoxicidade.

Preparações: Uso externo:
– Escalda-pés (banho de arruda): misture 2 xícaras de folhas frescas de arruda picadas a 5 litros de água quente, mergulhe as pernas por 30 minutos.
Enxágue em seguida com água fria.
Utilize no máximo 3 vezes por semana e em dias alternados.
Não se expor ao sol por até 2 horas após o uso.

Comentários

Últimos Artigos

Abacaxi - Plantas que curam

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Absinto - Plantas que curam

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Abóbora - Plantas que curam

sábado, 19 de setembro de 2015

Açafrão - Plantas que curam

sábado, 19 de setembro de 2015

Açafrão da Terra - Plantas que curam

domingo, 20 de setembro de 2015

Açafrão do Prado - Plantas que curam

domingo, 20 de setembro de 2015

Açai - Plantas que curam

domingo, 20 de setembro de 2015

Acerola - Plantas que curam

domingo, 20 de setembro de 2015

Agave - Plantas que curam

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Agnocasto - Plantas que curam

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...